Terapia Ocupacional

Terapia Ocupacional

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Terapia Ocupacional se vale das atividades da área, de forma sistematizada e específica, como recursos terapêuticos para prevenir e tratar dificuldades que interfiram no desenvolvimento e na independência do paciente.

Assim ela engloba técnicas para que o paciente que enfrenta alguma incapacidade, recobre sua autoconfiança e independência para a realização de atividades cotidianas, de trabalho, de lazer e acadêmicas.

Ela tem um papel importantíssimo na Reabilitação Neuropsicológica e na retomada da qualidade de vida.

É indicada quando o individuo apresenta algum comprometimento no desempenho das suas atividades. Estes comprometimentos podem ser recorrentes de lesões cerebrais traumáticas (por exemplo, traumas crânio encefálicos, acidentes vasculares encefálicos, mais popularmente conhecidos como AVC) ou de transtornos neuropsiquiátricos, como depressão, esquizofrenia, transtorno bipolar, transtorno de atenção, autismo,  em casos de demências e outros.

O Terapeuta Ocupacional é o profissional que avalia o indivíduo no contexto de desempenho das suas ocupações. Qualquer dificuldade observada, será tratada com os recursos devidos. O foco são as atividades humanas comuns na vida diária e no lazer, usadas como recursos terapêuticos para prevenir e tratar dificuldades que interfiram no desenvolvimento e independência do indivíduo.